Saiba o motivo de Steve Jobs para não deixar seus filhos se aproximarem do Iphone

Quando se pensa na casa de Steve Jobs, deve se imaginar que distribuíssem iPhone na entrada.

PUBLICIDADE

Mas a realidade sempre foi outra para a família de Steve. O visionário limitava completamente o uso de qualquer tecnologia em casa.

Acredita-se que qualquer pessoa que trabalha diretamente com essas invenções, venha procurar afastar os familiares por questões educacionais e de saúde.

E não se limita somente a Apple, muitos outros líderes de grandes empresas do vale do silício também limitam o uso dos filhos a tecnologias. Um dos exemplos é Chris Anderson CEO da Robotics 3D, maior empresa de fabricação de drones do mundo. Ele diz que já viveu em primeira mão os perigos de nossa tecnologia atual e não quer o mesmo caminho para os filhos.

PUBLICIDADE

Também podemos citar Evan Williams, co-criador da platarforma Medium e o conhecido Twitter, prefere que seus filhos conheçam os velhos livros de papel do que os iPads.

 

Muitas pesquisas hoje em dia revelam que o uso abusivo de qualquer tecnologia podem levar pessoas a vícios. Outro problema também é o número de pais que buscam em gadgets maneiras para distrair suas crianças.
Eliminar o total contato com a tecnologia é algo muito radical para de fazer, soa até mesmo como uma maneira absurda de abordar o assunto no mundo em que vivemos. Pois ficar totalmente isolado também atrapalha uma parte muito importante do aprendizado de nossas crianças. Porém o limite deve ser posto cedo e os pais devem limitar-se ao uso de gadgets para o entretenimento dos filhos e voltar aos estímulos tradicionais como ler histórias e brincadeiras ao ar livre.
PUBLICIDADE