Veja a lista das principais marcas que estão envolvidas na ‘Operação Carne Fraca’


Carnes estragadas, cabeças de porcos usadas para a fabricação de linguiças estão entre as irregularidades cometidas pelas empresas.

A Polícia Federal nesta sexta-feira deflagrou a operação que investiga a venda de carne adulterada.

PUBLICIDADE

22 empresas suspeitas de marcas conhecidas no mercado estão sendo investigadas pelo uso de carne estragada na fabricação de linguiças e salsichas.
Linguiça feita com cabeça de porco, carnes podres maquiadas com aditivos químicos entre outras coisas, foram algumas das irregularidades encontradas pela Polícia Federal.

O delegado da Polícia Federal que é responsável pela operação Carne Fraca, ‘Maurício Moscardi Grillo’, em entrevista coletiva, afirmou que algumas das empresas investigadas usavam ácido ascórbico (vitamina C) e ainda outros elementos químicos muito acima do permitido por lei, tudo para maquiar o aspecto físico de alimento que estão  vencidos e estragados.

PUBLICIDADE

Confira a lista das 22 empresas investigadas pela Polícia Federal:

1) BRF(Sadia, Perdigão e Chester)
2) JBS (Friboi, Seara, Big Frango, Swift e Maturatta);
3) Grupo Peccin;
4) Frigorífico Souza Ramos;
5) Frigorífico Larissa;
6) Mastercarnes (PR);
7) Dagranja Agroindustrial Ltda;
8) Frango a gosto;
9) Fratelli comércio de Massas e Frios;
10) Frigobeto Frigoríficos;
11) Frigomax;
12) Frigorífico 3D;
13) Frigorífico Argus;
14) Frigorífico Oregon;
15) Frigorífico Rainha da Paz;
16) Novilho Nobrere;
17) Primor Beef;
18) Smartmeal;
19) Unifrangos Agroindustrial;
20) Central de CarnesParanaense;
21) Fábrica de Farinha de Carne Castro Ltda;
22) Unidos Comércio de Alimentos Ltda.

 

PUBLICIDADE

Gostou? então deixe seu like!

Deixe seu comentário

log in

Become a part of our community!

reset password

Back to
log in