Pai abusou da filha morta e teve fim trágico


A garota tinha um severo câncer no cérebro

A verdade é que crimes contra menores de idades, é algo comum no mundo inteiro. O abuso contra menores de idade está entre os mais óbvios.

Mas o fato é que manter relações íntimas contra um menor de idade é algo que enfurece toda a população. O que geralmente não acaba bem para o infrator, afinal, a população, tenta fazer justiça com as próprias mãos.

Na última quarta-feira, 24 de fevereiro, informações publicadas por “Nigeria Today” dão conta que, um homem, manteve relações íntimas com a própria filha. O mais bizarro é que a garota já estava morta.

O momento bizarro foi flagrado por funcionários do hospital em Nakuro, no Quênia. O pai da criança morta, foi identificado como Hassan Langat, tem 45 anos de idade e virou notícia na África, por ter cometido crime tão bárbaro.

A garota não morreu por causa das relações íntimas que seu pai manteve com ela e sim devido a um severo tumor no cérebro.

Os moradores ficaram sabendo do que aconteceu e logo em seguida, iniciaram uma sessão de espancamento. O pai da garota acabou morrendo por consequência dessas agressões e logo em seguida a polícia foi chamada.

A polícia ainda investiga quem teria espancado o homem e o assassinado.

 

Deixe seu comentário

log in

Become a part of our community!

reset password

Back to
log in