Mãe salva filho de se matar com o Jogo da “Baleia Azul”


Através de 50 desafios, o jogo terrível pode levar a pessoa a morte.

O terrível jogo do suicídio “Baleia Azul” já chegou ao Brasil. Investigações estão sendo feitas a respeito de dois casos de jovens que morreram , para que se possa saber se foi por motivo do jogo ou não.

PUBLICIDADE

Os pais que estão preocupados devem ficar atentos ao comportamento de seus filhos, visto que ao participarem deste jogo, uma pessoa pode ser induzida a cometer suicídio.

Priscila Valença, de 43 anos foi uma mãe que teve seu filho de apenas 16 anos, envolvido no jogo online.

A mãe conta que o filho estava apresentando comportamento agressivo, chegando a se cortar com uma faca em algumas partes de seu corpo.

PUBLICIDADE

Priscila achou que era somente uma fase complicada de adolescente e preferiu dar espaço ao menino. Porém, seu filho mais velho chamou sua atenção ao que estava acontecendo no mundo em relação ao jogo, e que aquilo que estava acontecendo com seu irmão mais novo poderia ser resultado de participação em “Baleia Azul”.

O filho admitiu à Priscila que já estava cumprindo sua 14ª tarefa e que pretendia continuar, com a intensão de se matar.

A mãe afirma que o que aconteceu, pode ter sido resultado de carência e que seu filho poderia estar querendo chamar a atenção, que seria algo que mudaria em sua casa.

PUBLICIDADE

Gostou? então deixe seu like!

Deixe seu comentário

log in

Become a part of our community!

reset password

Back to
log in