O ministro Luiz Fux , pai de Rodrigo Fux, advogado do clube carioca, se declarou impedido de votar no julgamento. O relator do caso, ministro Marco Aurélio Mello, rejeitou o recurso do Flamengo, e foi acompanhado por Alexandre de Moraes e Rosa Weber no pedido de declaração do titulo para o Flamengo. O voto contrário foi do relator, ministro Luís Roberto Barroso. Para ele, os 2 clubes seriam os campeões.

PUBLICIDADE

A origem dessa polemica sobre o campeão brasileiro de 1987 começou com a declarou da CBF pelo fato de não ter verba disponível para realizar a edição daquele ano. Foi criado o Grupo dos  13, onde os clubes mais destacados do Brasil, à época, decidiram realizar o Campeonato Brasileiro, mas dessa vez com o nome de Copa União. Já nesse ano começou uma grande polemica, pois diversos clubes que jogariam acabaram por recorrer à CBF.

 

PUBLICIDADE

A CBF reconhece formalmente Sport e Flamengo como vencedores de 1987, dois anos apos a competição

A VOTAÇÃO NO STF QUE DECIDIU O TITULO PARA O SPORT:

O ministro Marco Aurélio, disse: “A decisão do presidente Ricardo Terra Teixeira quanto a ser o Flamengo também campeão ela data de 12 anos após o trânsito em julgado” .

O vice-presidente jurídico do Flamengo, Flávio Willeman, cita: “O Flamengo respeita profundamente as decisões do Judiciário, sobretudo do Supremo Tribunal Federal. Vai aguardar a publicação do acórdão da decisão para averiguar juridicamente o que ainda pode ser feito”, afirmou.

O presidente jurídico do Sport, Leucio Lemos, disse: “Para a torcida, o simbolismo desse título é grande, principalmente na Região Nordeste de onde viemos com todos os sacrifícios”.

Sport agora é o Único Campeão de 1987. Vai começar a guerra nas redes sociais! E você, o que acha da decisão?

PUBLICIDADE

Gostou? então deixe seu like!