7 segredos bizarros que o Netflix não quer que você descubra


O Netflix está muito além de ser somente um streaming de videos. Confira:

O Netflix já faz parte do cotidiano de muita gente, e como foi o primeiro serviço de streaming que fez sucesso ele conquistou facilmente o mundo.

Hoje já podemos dizer que ele faz parte de nossa cultura. Porém, pouca gente conhece alguns segredos que se escondem por trás do chamativo logotipo vermelho e branco.

Confira os 7 segredos que o Netflix não quer que você descubra:
1. Categorias mega especificas  

Você sabia que além das categorias que existem na pagina geral do Netflix, você pode procurar também categorias especificas de busca.

Existe um infinidade de categorias que são super específicas como animações para adultos, ação com aventura, ação com comédia e muitos outros que você pode estar procurando diretamente.

Porém a única maneira de procurar  por essas categorias é buscando o número dela. O site ‘netflixhiddencodes.com’ lista todos as subcategorias que podem ser encontradas, ou caso saiba o numero pode estar colocando diretamente no navegador dessa maneira:

http://www.netflix.com/browse/genre/#### ( Onde o #### é o número da categoria exemplo o 6541 abre Dramas independentes aclamados pela critica)

2. Usa sites piratas para descobrir o que apresentar ao usuário 

Invés de reprimir esses tipos de sites, o Netflix usa eles como meio de estudo. Como assim estudo?

Eles ficam conferindo o conteúdo mais procurado nesses sites, a fim de adquirirem a licença para liberar o filme na plataforma.

Dessa maneira eles sempre mantem o site com conteúdo atualizado.

3. Eles possuem acervo físico 

O Netflix ainda faz aluguel de DVDs físicos. Mesmo nessa era que vivemos, a procura por DVDs ainda é muito grande mundo a fora.

E os estoques do Netflix são tão gigantes e vastos, que a entrega é super rápida e eficiente.

Porém, o local aonde ficam guardado as mídias físicas é tão bem protegido que é quase uma Area 51 para ser encontrada. Pouca gente sabe aonde ficam esses galpões.

4. O excesso de Netflix pode diminuir a quantidade de espermatozoides 

Um estudo holandês afirma que ficar assistindo muita TV pode ter uma contagem de esperma menor dos que não assistem tanto assim.

No estudo, os homens que ficaram cinco ou mais tempo na frente da TV produziam 29% menos esperma e contagem de espermatozoides 34% menor. Ainda não se foi capaz de descobrir a causa exata disso, mas especula-se que seja pelo fato da falta de exercício escrotal por estar sentado por muito tempo.

5. Eles enviam mais rápido os DVDs para os locatários que alugam menos 

Parece até não ter muita logica o trabalho deles mas funciona assim. Eles buscam entregar mais rápido um  conteúdo para quem aluga menos vezes do que para aquele locador assíduo.

A logica disso é muito simples, quanto maior for o numero de aluguel, maior é o valor gasto com transporte. Quando diminuem o gasto com esses tipos de locatários se equilibra os custos operacionais da empresa.

6. Demolidor é cego mas é impossível ser “visto” por cegos 

Vamos explicar, quando uma pessoa com deficiência visual “assiste” a um filme, ele consegue entender o que se passa de acordo com os sons, por meio de uma aplicação própria que descreve o que está acontecendo.

Mas, quando a Netflix fez o lançamento do Demolidor não colocou essa aplicação na serie, o que deixou o grupo de pessoas que tem essa deficiência um tanto quanto incrédulos.

Depois de muita polemica, a empresa resolveu voltar atrás e colocar a aplicação no seriado.

7. Qual é a historia da Netflix? 

O CEO do Netflix Reed Hastings, já contou a história da empresa que é muito bonita.

Ele havia alugado um filme e quando foi devolver ficou abismado com uma taxa de atraso gigante, depois de muitos processos contra o abuso, jurou criar um aplicativo que salvasse as pessoas desse tipo de ofensa.

Uma grande história no nível da empresa. Porém, o cofundador Marc Randolph que nunca é mencionado, já disse que essa história é mentira, e que não foi dessa maneira que surgiu a ideia de criar o Netflix.

Porém, o site não chega nem a mencionar que o cofundador existe, e o mesmo chegou a desaparecer de vista pelo planeta. Então se a história é verídica ou não, vai continuar sendo um mistério.

Deixe seu comentário

log in

Become a part of our community!

reset password

Back to
log in